Archive for agosto, 2007

Ciclo 3 – Antonioni-Bergman

Written by on ago 26 2007 | programação

Para homenagearmos os revolucionários cineastas Michelangelo Antonioni e Ingmar Bergman, o terceiro ciclo do Cineclube Beloca terá três de seus filmes. Depois Daquele Beijo, dia 18/09, Passageiro: Profissão Repórter no dia 25/09 e no dia 02/10, Fanny e Alexander. As sessões serão as 20h.

Os ingressos estarão disponíveis uma hora antes de cada sessão.


Blow-up
Depois Daquele Beijo (Blow-Up)
Michelangelo Antonioni
1966

A nova linguagem usada nesse suspense pelo diretor italiano Michelangelo Antonioni marcou a década de 60. Rodado na Inglaterra, o filme é carregado de simbolismos e chega quase a ser hermético. O enredo enfoca o envolvimento de um fotógrafo em um crime, que ele descobre ao ampliar fotos feitas em um parque e descobre o que parece ser ser um cadáver escondido nos arbustos. Obcecado, ele começa a investigar e se vê envolvido em situações bizarras.. Ele tenta elucidar o caso cercado de mistério, sem temer eventuais riscos. A produção cuidadosa tem referência dos anos 60, realçadas pela participação da modelo Verushka.



Professione Reporter
O Passageiro – Profissão, Repórter (Professione: Reporter)
Michelangelo Antonioni
1975

Com Jack Nicholson e Maria Schneider. Jornalista que está filmando um documentário no Saara encontra um negociante de armas, que morre subitamente, e resolve assumir sua identidade. Apontado recentemente por um grupo de críticos da Folha de São Paulo como o melhor filme de Antonioni. Indicado para a Palma de Ouro em Cannes em 1975.



Fanny e Alexander
Fanny e Alexander (Fanny och Alexander)
Ingmar Bergman
1982

O filme “Fanny e Alexander”, do genial cineasta sueco Ingmar Bergman, é considerado uma obra-prima e uma de suas mais brilhantes produções cinematográficas, pois, num profundo mergulho sobre a alma humana, refletiu, com delicadeza e com perfeccionismo, sobre os enigmas, os prazeres e os terrores do universo infantil. As crianças do filme são encantadoras e inseparáveis: Fanny (Pernilla Allwin) e Alexander (Bertil Guve); a casa abastada onde ambas vivem é extraordinariamente burguesa. A avó, uma atriz riquíssima, é uma personagem quase mítica, que habita o apartamento de baixo. Em toda a casa há um mundo feminino que tudo domina. O teatro é um lugar onde as crianças brincam e procuram refúgio. O menino Alexander é, sem dúvida, um alter-ego de Bergman, experienciando o puritanismo hipócrita do pastor Vergerus (Jan Malmsipe), que vem a se tornar padrasto de Alexander, em contraponto aos prazeres mundanos que Alexander encontra nas saborosas refeições, no bom humor, na liberação, enfim, no bem viver da casa da avó. Vale ressaltar que o pai de Ingmar Bergman era pastor luterano, tendo castigado severamente o cineasta na infância.
Vários temas estão presentes no filme: amor, ódio, paixão, ressentimento, religião, angústia, neurose familiar, inveja, morte etc. entrecruzados de forma fulgurante com magia, humor e sensibilidade, celebrando, desse modo, o amor de Bergman pela arte cinematográfica.

Comentários desativados em Ciclo 3 – Antonioni-Bergman for now

Ciclo 2 – “Música(os)”

Written by on ago 20 2007 | programação

Em harmonia com a XXX Semana Guiomar Novaes, o Cineclube Beloca apresenta o seu segundo ciclo de exibições: “Música(os)”.

Tradicionalmente a Semana Guiomar Novaes tem realizado apresentações de altíssimo nível com os mais renomados autores e intérpretes da música brasileira, tanto erudita como popular.

Em consonância com esta proposta o Cineclube Beloca planejou a exibição de dois filmes cujas temáticas centrais são a música, até mais que isto, o músico: seu cotidiano, seu ofício, sua circunstância. Sua comunidade, seus amigos, seu dia-a-dia. Do homem comum à sua transcendência no palco.

Esses dois filmes serão exibidos na sala de Múltiplo uso do Theatro Municipal, nos dias 4 e 5 de setembro às 20 horas, antecipando e preparando o espírito dos espectadores para as apresentações dos intépretes convidados para esta Semana Guiomar Novaes.

Os ingressos estarão disponíveis uma hora antes de cada sessão.


Nelson Freire
Nelson FreireUm filme sobre um homem e sua música
João Moreira Salles
2003

Nelson Freire conta a história o menino-prodígio do interior de Minas que se tornou unanimidade internacional.
Filmado no Brasil, na França, na Bélgica e na Rússia, o documentário acompanha a rotina de Nelson em concertos e recitais, desde o primeiro contato com o piano até a recepção dos admiradores no camarim. Uma música extraordinariamente bela pontua o filme: Nelson toca Brahms, Schumann, Tchaikovsky, Chopin, Bach, Gluck, Villa Lobos, e interpreta Rachmaninoff a quatro mãos com Martha Argerich.



Família Assad
Família Assad

Um concerto produzido por Françoise-Emmanuelle Denis. Monumental apresentação de toda familia sanjoanense no Palais des Beaux Arts de Bruxelles em outubro de 2004. Neste concerto três gerações da família Assad, numa profusão de talentos, levam a platéia belga ao delírio interpretando peças de Pixinguinha a Egberto Gismonti, de Lupicínio Rodrigues a Lenine passando por composições dos próprios intérpretes. Um momento de puro amor.
Ainda neste mesmo programa será apresentado o curta metragem SUÍTE ASSAD, de Joel Pizzini de 2001, que documenta com muita poesia e sensibilidade cenas da família Assad em São João da Boa Vista.
Um verdadeiro passeio emocional.

Comentários desativados em Ciclo 2 – “Música(os)” for now