Archive for maio, 2011

Ciclo 42 – Premiados 2010

Written by on mai 05 2011 | .

O ESCRITOR FANTASMA (The Ghost Writer)-2010 -128 min – Fra/Ale /Ing
Direção: Roman Polanski
16 anos
Dia 10/05/2011– terça-feira – 20 horas
Sala Dilo Gianelli
Theatro Municipal

O Escritor Fantasma, foi dirigido pelo polêmico e genial diretor franco-polonês Roman Polanski e conta a historia de um escritor fantasma britânico de sucesso, que concorda em completar as memórias do ex-primeiro-ministro britânico Adam Lang, mas o projeto parece condenado desde o início.
Ressonante com temas da atualidade, este atmosférico e político suspense é uma história de enganos e traição em todos os níveis – sexual, político e literário. Em um mundo em que nada e ninguém são o que parece, o escritor fantasma logo descobre que o passado pode ser fatal – e que a história é decidida por quem permanece vivo para escrevê-la.

Polanski ganhou o prêmio de melhor diretor no festival de Berlim e mais 6 prêmios no European Film Award entre outros.

O SEGREDO DOS SEUS OLHOS (El secreto de sus ojos)-2009 -129 min – Argentina
Direção: Juan José Campanella
16 anos
Dia 17/05/2011– terça-feira – 20 horas
Sala Dilo Gianelli
Theatro Municipal

BIUTUFUL (Biutiful) – 2010- 148 min – México/Espanha
Direção: Alejandro González Iñárritu
12 anos
Dia 24/05/2011– terça-feira – 20 horas
Sala Dilo Gianelli
Theatro Municipal

Biutiful é o primeiro longa do diretor e roteirista mexicano Alejandro González Iñárritu, famoso pelas tramas cruzadas, depois do seu rompimento com o roteirista de Amores Brutos, 21 Gramas e Babel, Guillermo Arriaga, mas a maneira de enxergar e diagnosticar as doenças do mundo não mudou. Para Iñárritu, a metástase do terceiro mundo não só é inevitável como excludente. Biutiful é sobre a morte. Morte coletiva, solitária, por doença, velhice, acidente, assassinato… Sobre a morte dos relacionamentos, o sofrimento de se sentir outsider em uma terra que não é sua e longe de quem se ama, ou daquele que tem qualquer tipo de sofrimento mental.

Conta a historia da vida pessoal de Uxbal (Javier Bardem) em excepcional atuação –, um homem que ajuda os mortos a morrerem
em paz, pois acredita que quem morre precisa confessar para se livrar de um peso e viver uma “outra” vida. Como pano de fundo entram na trama o trabalho escravo, imigrantes ilegais chineses e senegaleses, a corrupção policial e a produção e comércio de produtos falsificados.

O filme foi indicado ao Melhor Filme e Javier Bardem ganhou o prêmio de melhor ator em Cannes e também foi indicado e venceuem vários festivais na Europa e EUA nessas duas categorias.

31-05-11 – Cópia Fiel (Copie Conforme) – 2010 – Abbas Kiarostami -106 min – França/Itália/Bélgica

Cópia Fiel é o mais recente trabalho do cineasta iraniano Abbas Kiarostami e também o

seu primeiro feito fora do Irã, ambientado em uma pequena cidade da Toscana, o que garante cenários
belíssimos durante todo o filme. Kiarostami busca nos fazer caminhar com os personagens, que estão
sempre em movimento pelas estreitas e antigas ruas de Lucignano enquanto discutem sobre suas
vidas, arte e amor, o que nos faz sentir estar sempre muito próximos deles e, conseqüentemente,
da sua história. O movimento é uma característica presente do começo ao fim do filme, como na longa cena dentro
de um carro (marca registrada do diretor), em que os protagonistas pegam a estrada para Lucignano.

O filme conta a historia do escritor inglês James Miller (William Shimell), especialista em história da arte, que vai à Toscana para
promover seu novo livro, que fala sobre autenticidade e cópias nas artes. Lá ele encontra Elle (Juliette Binoche), uma francesa
que já mora no local há alguns anos e possui uma galeria de arte. Numa manhã em que James vai visitar a loja de Elle, ela o
convida para uma pequena viagem a uma cidade vizinha, Lucignano, famosa como local em que se realizam casamentos, por trazer boa sorte para os noivos. No caminho, eles refletem sobre relacionamentos e seus desgastes.

Juliette Binoche ganhou o prêmio de Melhor atriz no Festival de Cannes 2010

Comentários desativados em Ciclo 42 – Premiados 2010 for now