Ciclo 43-Arte e Transformação : Algumas Sementes

Escrito por em 02 jun 2011 | .

Curadoria: Grupo Transes Coletivos

07-06-11 – Palavra (En) Cantada – 2009 – Helena Solberg – 86 min – Brasil

No documentário Palavra (En)cantada, a diretora carioca Helena Solberg investiga a relação peculiar entre
a poesia e a música popular no Brasil. A tese de Palavra (En)cantada, que vai ganhando força nos depoimentos de vários artistas
(Chico Buarque, Lenine e Caetano Veloso), é de que o país registra uma integração toda especial entre a poesia,
gênero normalmente de consumo intelectualizado e restrito e a canção popular de ampla circulação.
A cineasta conhecida no Brasil especialmente pelo docu-drama Carmen Miranda – Bananas is my business (1994), firmou-se
como produtora e diretora de documentários no Brasil e nos EUA. Seus primeiros trabalhos investigaram papéis femininos
na sociedade moderna . Seu primeiro longa-metragem de ficção, Vida de menina (2003), recebeu 6 prêmos no festival de
Gramado.
A partir da reflexão da relação entre a música popular e a poesia e literatura, o documentário usa depoimentos, performances

musicais e trilha sonora a fim de esclarecer e refletir sobre o assunto. O filme apresentará imagens inéditas no Brasil, como a

encenação de Morte e Vida Severina, de João Cabral de Mello Neto, no Festival de Teatro Universitário de Nancy, na França,

em 1966. Merecem destaque também imagens raras, que foram restauradas pela produção do filme, de Dorival Caymmi,

nos anos 40, cantando e tocando O Mar ao violão.

Palavra (En)cantada ganhou o prêmio de melhor direção no festival do Rio de 2009.


14-06-11 – Lixo Extraordinário – 2009 – Karen Harley, João Jardim, Lucy Walker – 90 min – Brasil/ Reino Unido

21-06-11 – Nascidos em Bordéis (Born in Brothels) – 2010 – Zana Briski – 86 min – EUA

Lixo extraordinário, coprodução do Brasil e Reino Unido o filme foi dirigido por João Jardim, Lucy Walker e Karen Harley.
Lixo Extraordinário, documentário dirigido pelos cineastas brasileiros João Jardim e Karen Harley e a inglesa Lucy Walker,
foi gravado ao longo de três anos. Sua trama acompanha um projeto social do artista plástico brasileiro Vik Muniz com catadores do lixão de Gramacho, em Duque de Caxias (RJ) – considerado o maior da América Latina e cenário de outro documentário premiado,”Estamira” (2004), de Marcos Prado. O filme vai além do trabalho de Muniz. O otimismo e a capacidade de transformação do povo brasileiro é que dão vida ao filme, envolvendo, no decorrer do trabalho, artista e catadores. A transformação do lixo em arte é o gancho para mostrar a esperança e a transformação dos catadores envolvidos no projeto. Além disso, é feito um paralelo com a carreira e a história de Muniz, que teve um passado humilde e hoje alcançou o sucesso.

A trilha sonora do filme foi composta pelo músico e DJ americano Moby.

Vencedor de prêmios de público nos festivais de Sundance e Berlim em 2010 e foi indicado em 2011ao Oscar de melhor documentário.


28-06-11 – O Espectro da Esperança (The Spectre of Hope) – 2002 – Paul Carlin – 52 min – Reino Unido

ninguém comentou até agora

comentários não estão habilitados.