“Quando o Rock Nacional era vivo…”

Escrito por em 05 mar 2014 | programação

Nos meses de março e abril celebramos alguns ícones do rock Nacional em sua melhor época: Os anos 80. Sessões gratuitas, iniciadas às 20 horas.

11.03.2014
20h
Herbert de Perto
Brasil/2009/94 minutos
Direção: Roberto Berliner

Através de uma série de conversas e vídeos, o cantor e compositor Herbert Vianna relembra sua trajetória de vida, do primeiro violão ao grupo Paralamas do Sucesso, do trágico acidente aéreo até os dias de hoje. Familiares, amigos como Bi e Barone, Dado Villa-Lobos (Legião Urbana), profissionais do meio musical e também médicos, dão depoimentos sobre a carreira e a incrível perseverança do músico que o levou a vitória contra a morte.


18.03.2014
20h
Titãs: A Vida Até Parece Uma Festa
Brasil/2009/100 minutos
Direção: Oscar Alves e Branco Melo

Quando o disco Cabeça Dinossauro foi lançado, Branco Mello comprou sua primeira câmera e passou a gravar tudo o que acontecia, aproveitando o momento de explosão musical que aconteceu nos anos 80. O resultado são cenas inéditas de viagens, camarins, discussões, ensaios, shows, gravações e até a participação em programas de TV. Ajudam a contar a trajetória da banda diversos amigos e artistas que conviveram com os músicos ao longo de todo esse tempo.


25.03.2014
20h
Somos Tão Jovens
Brasil/2013/100 minutos
Direção: Antônio Carlos da Fontoura

Longa metragem que retrata a vida e a obra musical de um dos maiores poetas do Rock nacional: Renato Russo. Começando no início de sua juventude, com seus problemas de saúde, passando pela adolescência problemática, o filme vai até o estouro do sucesso que foi a primeira apresentação ao vivo da Legião Urbana no Circo Voador.


01.04.2014
20h
Raul: O início, o fim e o meio
Brasil/2012/118 minutos
Direção: Walter Carvalho

Trajetória do conhecido cantor e compositor, polêmico, ícone e criador da “sociedade alternativa” ao lado parceiro inseparável, hoje escritor, Paulo Coelho. Documentário imperdível, que aponta um raio x do astro do rock brasileiro através de documentos, depoimentos de familiares, filhas, amigos, músicos e compositores.Pra ouvir no volume máximo.

ninguém comentou até agora

comentários não estão habilitados.